Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRANSPARÊNCIA

Transparência

 

Fiquei intrigado pensando...

Onde moram as virtudes da transparência

Poli a redoma onde estou morando

A redoma transparente

Os muros da minha casa visíveis

Uma casa cheia de gente

Cheia de coisas e de ciência

Meus pensares se perdem invisíveis

Transparentes, inconscientes.

 

Mas que ciência preciso...

Que muros me protegem?

Contém meus gritos, retém meu sorriso,

Escondem o pecado social;

O medo de ser humano,

Forte, ou frágil, irreal.

 

A redoma polida

Às vezes me revolta,

Não transparece minha vida

Pois quem me vê,não me toca,

Não me beija, afaga e abraça

Não participa da minha vida.

Quando vê a redoma polida,

Vai embora, depois disfarça.

 
W@lter 24/10/2004
Walter BRios
Enviado por Walter BRios em 19/05/2006
Código do texto: T158710
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter BRios
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
358 textos (13844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:10)
Walter BRios