Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fatalmente Seu

Fatalmente Seu.
(Sávio Assad)
 
Esquinas escuras e solitárias, eu perdido a sua procura.
Cavaleiro da noite, calado, caminho sobre pedras.
Embora meus pés estejam já dormentes, não canso de procurar.
Seus olhos negros e eletrizantes, que um dia me fitou.
 
Sei que me espreitas, para dar o bote e me pegar.
Pois somos a fome do amor triunfante e ameaçador.
Rompemos compreensão de ternura e queremos a posse.
Esta que nos leva ao triunfo de um algoz, arrebatador.
 
Somo feras indomadas, preocupadas só em saciar desejos.
Desejos incontroláveis de carne, amor , tesão e gozo.
Somos os possuidores de corpos, onde o incompreensível,
Nos leva ao extremo prazer, até a exaustão.
 
Sedentos vamos percorrendo lugarejos a tua procura.
Sem compromissos firmados, nem lacunas preenchidas.
Seus desejos secretos são saciados e levados a loucura.
Seus pensamentos roubados neste labirinto solitário.
Niterói - RJ - 19/05/2006
Sávio Assad
Enviado por Sávio Assad em 19/05/2006
Código do texto: T159249
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sávio Assad
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
419 textos (26704 leituras)
19 áudios (1373 audições)
4 e-livros (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:07)
Sávio Assad