Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORÇAS OCULTAS - Reflexão

Formiguinha pequenina
Estou a te observar
Pequenina indefesa
Posso até te esmagar
Com o pé ou com o dedo
Deslocar-te do lugar
Se somente te soprar

Teu limite é tão ínfimo
Que não consegues me ver
Não ouves, não falas
Inefável é teu poder
Com este dilema todo
Deves estar a pensar
Superior a mim
Outro ser aqui não há

Mas que força é esta
Que não se pode conter
Esmaga-me com o pé
De água inunda meu lar
Fumaças me desnorteiam
Erosões a me espreitar

É fugaz teus argumentos
Eu sou a força oculta
Que não consegues olhar
E para todos existe
Uma força inominável
Incapaz de controlar

E pára nos destruir
Outra força também há
Que não consigo enxergar
É a força do universo
Seu Criador onde está!

É uma força onipotente
Que esmaga, aniquila,
Ou faz às vezes curar
Eleva-me quando creio
Sublima-me a meditar
Diminui-me ao duvidar

È a onipotência Divina
Misteriosa, incógnita
Infeliz está escrito
Pra quem não acreditar


Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 20/05/2006
Reeditado em 15/08/2007
Código do texto: T159508

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2327 textos (124349 leituras)
9 e-livros (539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:51)
Sonia Nogueira

Site do Escritor