Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CICATRIZES..

Olhando minhas cicatrizes, percebo o quanto elas me valeram de aprendizado.
Hoje já não me sinto tão desprotegida de mim mesma.
Carreguei meus fardos pesados, minha cruz pesada nos meus ombros, mas sobrevivi.
Cai, comi a poeira do chão que com o peso das inconstantes lutas levantavam ao ar.
Catei migalhas, implorei amor, mas tudo me foi negado.
Risquei ainda que só, um destino para minha vida...
Penei e padeci.
Sofri com perdas e desilusões, cavei minha trincheira pra poder me proteger, meu coração sangrou, sofreu,  apanhou.
Hoje me ergo e me deparo com o que é ser novamente uma mulher.Não que tivesse deixado de ser, mas me entreguei ao abandono de mim mesma, me resgatei, amadureci, cresci...
Hoje olho minhas cicatrizes e penso que elas não precisavam estar ali, me lembrando o que vivi, num passado remoto
 Hoje, olho minhas cicatrizes e ja não pensam mais num passado, como algo negativo, mas uma escola onde a professora foi a própria vida.
Hoje olho pra minhas cicatrizes, sem precisar sentir pena de mim mesma, minha luta é outra, meus caminhos são outros e como fênix renasci.

Zanne Murray
Enviado por Zanne Murray em 20/05/2006
Código do texto: T159524

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zanne Murray
Miguel Pereira - Rio de Janeiro - Brasil
173 textos (14126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:28)
Zanne Murray