Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A cor do meu grito



Não importa quantas cores existirem
nem todos os arcos ires aparecerem
Vermelha é a cor do meu grito!

Do sangue que jorra
das lágrimas que escorrem
pelos oprimidos
sofridos!

Bebo um gole do meu reflexo
amargo
horrível
bebo a cor do meu grito

Vermelha é cor do meu grito!
Do sofrimento sem nome
com gosto de fel
que clama por fraternidade.

Trémula, encolhida
dentro do meu espanto
quero gritar
a única coisa que posso fazer é sangrar!

Vermelha é cor do meu grito!

Mastigo todas as imagens,
tento engolir todas as dores
mudar as cores

Sou palavras sem sentido
janela sem vidro
para que meu grito
seja por todos ouvidos.

Vermelha é cor do meu grito!

Juiz de Fora/26/05/2003- 14:36h

Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 20/05/2006
Código do texto: T159549
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90988 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:42)
Maria Thereza Neves