Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORMA-SE O CAOS

Forma-se o caos nas cidades,
Vai o Homem as batalhas,
sem pátria, bandeira, sem nada...
Choram mulheres em casas,
crianças se perdem no tráfico...
Enquanto alguns poderosos
divertem-se as custas de nossa desgraça
Homems se matam por nada,
vidas ceifadas sem porque nem razão...
Paz tão distante sonhada,
e que ninguém sabe se algum dia será alcançada...
Vai o povo pras ruas ,
desarmado e de mãos atadas
pedir por justiça num pais desigual,
Esse país de covardes,
governantes hipócritas,
Quero minha liberdade,
sou prisioneiro em grades, sem ter forças pra lutar, contra um exército de bandidos armados...
Governo que apoia bandidos e desarma cidadãos
quero ver meu filho crescer,
correr, brincar nos jardins...
devolva minha liberdade
Venho pedindo justiça,
lutando com aquilo que posso
minha voz correrá o mundo
para ela barreira não existirá
Vou me juntando ao povo,
e lutando em pro da razão
"Libertas que sera tamen".
Jorge Santos
Enviado por Jorge Santos em 20/05/2006
Código do texto: T159658
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Santos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
93 textos (4627 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:20)
Jorge Santos