Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos perfumados

Lua prateada, noite de gala, coração ansioso veste - se de poesia, cantares brotam dos poros no êxtase dos sentidos.
Chuvas e temporais arrastam lembranças, cálice de saudade, um desejo interminável no olhar, mente a vagar.
Perfume de outono, flor de laranjeira imaculada, folhas secas carregam a leveza do verso de amor.
As nuvens unem-se desenhando traços teus, reprisando fatos, versos desordenados, num compasso alucinado.
Pingos cristalinos descem molhando o solo, lágrimas sedentas de orvalho ruborizando a face.
Olhar divagando como se nada visse, linhas mal traçadas no infinito do meu mundo.
Luz terna dos amores abraça minha alma febril, movendo impulsos e sentidos, numa caminhada incessante.
Procurando abrigo nas palavras, inspiração vaga no amontoado das folhas alvas, de um manto rasgado de emoções.
Deixando que o vento desalinhe meus sentidos, e produza um sorriso, mesmo que amarelado.
O coração dispara e a mente reage, enfim encontrei o afago necessário, versos perfumados, guardados no armário.



Escrito
21.05.2006

Por Águida Hettwer





Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 21/05/2006
Código do texto: T159920

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116569 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:09)
Águida Hettwer

Site do Escritor