Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Cálice de Cidra Dourada

Repasso a conta,
desfaço a meiada do contrato,
deslancho toda essa onda:
ela não é mais.

Agora é somente
faz de conta:
é gibi passado!

Fugiu de mim por prazer
pegou outro bonde;
me deixou azedo,
sem mais frutas de comer.

Azar meu!

Fui acreditar
na palavra dela - sem plural!

Então,fugiu pelo
Largo das Feituras.

E me deixou - embargo -
sem mulher de dormir.

E tudo na minha vida,
virou nada.
Uma espécie de
estilhaço corrompeu
o cálice e a cidra!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 21/05/2006
Código do texto: T159956
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26778 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:06)
José Kappel