Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entendendo as Coisas

Queria entender...
queria entender as coisas,de manso,
queria entender o sol e o céu,
as estrelas e as flores.

Só queria entender
porque as coisas são assim,
e não são assim.

Questão de ponto-de-vista
você entende ou não.

Eu não:
queria saber o porquê:
das pessoas serem assim
e não ao contrário.

Coisa infantil,
brinquedo raro
de criança!

Queria entender porque
me foi feito assim
cheio de dobradiças
e entraves.

Queria entender, pelo menos,
uma mulher,
feia,bonita de boa-porta,
com frescura de
janelas sempre abertas,
para o outono
fazer ninho lá.

Mas, não compreendo!
Sou tal avesso,
de mesuras zero
mas lá vou vivendo!

Para entender,acho,
tenho
que ir em outra direção:
estou aqui azulado,
perto do fim do mundo
que só me causam perguntas
que ninguém responde.

Mas...
morrer,pode,não é?

Devagarinho...
Isso pode,
esse negócio de morrer
sem a gente saber!

Entender, não entendo,
Compreender, só piora.

Minha oração sem reza,
minha mulher em outro
mundo com outro pai.

Você pode entender...
Mas, eu, nem de agostos,
nada compreendo!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 21/05/2006
Código do texto: T159962
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26779 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:46)
José Kappel