Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pérgula Dourada

No cair da tarde
Com o pôr-do-sol
Envolvem
Minha alma
Suaves cantigas
E tênues ramadas
Na pérgula dourada.
 
As sombras!
 
Descem mansas
Do infinito celeste
E com elas o sereno
Úmido e perfumado
Repousa nas folhas
E pétalas das flores
Prá noite que chegou.
 
Vem lá!
 
A lua orvalhada de luz
Dançando no céu anil
Embalada pelas estrelas
Que cálidas e trêmulas
Se rendem ao esplendor
De uma serenata de amor.
 
Reluz!
 
No coração nebuloso
A voz enluarada
Das estrelas a cantar
Cantigas que tão doces
Encharcam o coração
De poesia orvalhada
Da pérgula dourada.
Maria
Enviado por Maria em 21/05/2006
Código do texto: T160066
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4549 textos (185896 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:23)
Maria

Site do Escritor