Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mar

Ondas que batem.
E morrem a beira mar.
E a cada onda que termina
vejo meus ideais serem revistos um a um.
A alegria que vem mas dura pouco.
O sofrimento que se dissolve exatamente como as ondas do mar.
Avanço em meus pensamentos que se misturam.
Relembro amores da minha vida cada um com suas recordações.
Vejo que amar dói, faz sofrer na maioria das vezes.
Mas também traz alegrias, isso alegrias.
Mar...Mar...
Ondas de um mar tão pessoal, tão meu.
Ondas que desaguam como flash de uma existência que é minha.
Que me entristece, mas ao mesmo tempo me faz sorrir.
Porque sorrir?
Simples, é a minha vida.
Com altos e baixos.
Com alegrias e tristezas.
Com companhia e solidão.
Com vitórias e temores.
Estas ondas deste mar me fazem ver que ainda não vivi quase nada.
Mar...
Meu mar.
Preciso e quero viver tanta coisa ainda que não sei ainda por onde começar.
Quero viver minha solidão acompanhada de mim mesma.
Paixões loucas como a que estou vivendo agora, que me desorienta.
Que me joga de cara limpa e braços abertos de encontro a ela.
Caminhos malucos, tresloucados de cumplicidade minha...
tua...
nossa...
Meu mar.
Que me faz pensar tudo isso e muito mais.
Que só posso revelar a ti meu doce encanto.
Anja Perdida
Enviado por Anja Perdida em 21/05/2006
Código do texto: T160273

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anja Perdida
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil
79 textos (3482 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:38)
Anja Perdida