Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meia-Verdade

Se vai partir...
vai partir?
Se vai indo porta afora,
que porta é essa?

Se vai indo,
prá onde vai indo?

Mas se vai indo
no tempo,
espero, em vão,
notícias parecidas,
versos compostos,
com orquestas
sem músico.

Espero melodia do vasto,
acordes do nada,
cruzamento de dor,
e o maestro inocente,
fica sem batuta!

Viva a melodia!

Morre tal amor
dolorido!

Se vai,
vai logo,
mas não cruza
com o vazio!

O tempo, faz tempo,
fez duas vezes sua marca,
no fundo de seu espírito.

E seu eu não entendo,
fico a espera
de sua volta.

E se não houver
retorno pelo menos saiba:
um dia fui seu
sem saber,
o tempo me entregou
e eu,
pobre fidalgo sem corte,
nada percebi!

Perdi toda minha vida
igual ao segundo passageiro,
por não perceber
que você estava
do outro lado
desta vida,
caminhando em trilhas,
que de mentira não tem,
é tudo meio verdade !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 22/05/2006
Código do texto: T160507
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26787 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:26)
José Kappel