Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ SEI QUE NADA SOU

Sou aço
sou ferro
sou alma ferida
semente largada no chão

Sou só explosão


Sou como as flores de verão
que depois murcharão


Sou só imaginação



Sou a certeza
do nada
sou a tristeza
dos pobres
sou asa partida


Sou só compaixão


Sou o pranto contido
nas bocas dos tolos
Sou acalanto
dos que nada sabem
e jamais saberão

Sou só ilusão
Zeza Martins
Enviado por Zeza Martins em 22/05/2006
Código do texto: T160790
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zeza Martins
Recife - Pernambuco - Brasil
130 textos (7823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:41)
Zeza Martins