Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Talvez Nunca Mais

Talvez nunca mais
Eu verei o céu como hoje eu vi
Ele faz e se desfaz
Diante dos meus olhos, eu também senti
Um amor tão de repente
Quando de te vi
Tão forte como as ondas que batem de frente
Nas pedras tão duras quanto os espinhos
Que meu coração não ousa tocar
Mas que ousa querer saber
Onde seu coração costuma caminhar.

Talvez nunca mais
O sol venha se pôr como ele se pôs
Sumindo bem devagarzinho
E bem mansinho por trás das montanhas
Pintando de laranja o mar
Reforçando a luz do seu olhar.
Talvez um dia desses
Eu apareça pra te ver
Podemos marcar na hora
Em que a primeira estrela aparecer
Estarei lá sem demora.

Fiquei esperando
E você não apareceu
A primeira estrela nem está tão brilhante assim
Será um sinal? Será uma forma de dizer
Que talvez nunca mais
Voltaremos a nos ver.

22/05/06
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 22/05/2006
Código do texto: T160954
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42673 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:27)
Miguel Rodrigues