Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ama-me Ainda que Doa

Amam-me,
Ainda que doa,
Sê minha,
Como a ti pertenço.

Amam-me,
Ainda que sofras,
Como amo a ti,
Nas noites que mais choro.

Ama-me chorando,
Que te amarei rindo.

Dartei as noites de minha vida,
Todas elas em segundos.

Dartei tudo o que sou,
Como estou
Seguro de que meu amor
Vale mais que tudo para ti.

Ama-me ainda que não amanheça,
Ainda que tudo te falte,
Saibas tu,
Que meu amor
Nunca te faltará.

Ama-me, apenas isso,
Ama-me.
Jandeilson Galvão Bezerra
Enviado por Jandeilson Galvão Bezerra em 22/05/2006
Reeditado em 17/04/2009
Código do texto: T161019

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (JANDEILSON GALVÃO BEZERRA www.jandeilson.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jandeilson Galvão Bezerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
26 textos (990 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 09:58)
Jandeilson Galvão Bezerra