Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Forte do Gragoatá

Forte do Gragoatá

O sol se põe
E para trás, para a paisagem
Que vai perdendo o valor que o Sol
Empresta
Tudo vai ficando morte e turvo,
Sinistro, mas sem o laivo de terror
Que essa palavra oferta, sinistro
Por não haver-lhe outra palavra que caia.
E não importam mais a altura e altivez
Dos edifícios, a arquitetura de esmero,
A ousadia ou o cio:
Tudo como que descai de beleza e valor
Ao pôr do Sol.

E compreendo, nosso pequeno Sol é uma prova
Que se alteia e brada: Por mais que façamos,
Sem a luz de Deus não somos nada.
Sammis Reachers
Enviado por Sammis Reachers em 23/05/2006
Código do texto: T161144
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sammis Reachers
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
23 textos (2265 leituras)
16 e-livros (2551 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:38)
Sammis Reachers