Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pobre de Afazeres

Espera os de lá chegarem:
trazem roupa e comida,
mas não trazem a aragem
de Maria, que um dia foi rainha.

Sou pobre de afazeres,
mas juro pela flor mais bela:
espero por ela benfazeja,
que um dia foi completa
cheia de rezas e promessas.

Mas deixou tudo aqui branco,
sem estação do ano,
e eu, sozinho,
sonhando bem e lamentando
com os meus.
Porque, de tão bela
virou amante de todos os amos?
José Kappel
Enviado por José Kappel em 23/05/2006
Código do texto: T161154
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26782 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:57)
José Kappel