Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outonal

Nesta manhã sem outono,
procurei do lado das flores,
seu rosto de ontem à noite
e encontrei restos de vazio
que me fizeram, de tombo,
corar de tal espanto.

Olhei à volta e encontrei
o retorno do vazio.
Espanto meu?
Não ! Fato consumado!
Ontem à noite foi você santa
de púrpura
e eu caminho,
sem roça, corpo desamado !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 23/05/2006
Código do texto: T161159
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26781 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:30)
José Kappel