Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Sussurros do Entardecer na Prainha

É o entardecer
Na bucólica
Prainha.

Ao longe,
Ouço
O bater
Dos remos
Numa
Canoa
De cor.

Alguns falares
De pescadores
Em seus barcos
De ganhar
O peixe
De cada dia.

As gaivotas
Também
Sossegam
Suas asas,
Ora pousando
Na areia
Ainda quente,
Ora em
Baixos vôos
Nas águas
Calmas
E vermelhas
Do entardecer
Da enseada.

Nas pedras
Ouço
O sussurro
Das ondas.

Tão pequenas.
Tão quietas,
Que seu murmúrio
Se confunde
Com o pensar
De pés molhados.

Que lindo final,
Belo entardecer,
Para um dia
Que ainda
Nem
Começou.

E perto de mim,
Um anjo brinca,
Molhando
Suas asas
Iluminadas
Pelos
Raios vermelhos
De um sol
Que parece,
De feliz,
Não querer ir.

E posso sentir,
Bem junto a mim,
O calor de braços
Que como eu,
Sentem alegria
Por só estar ali,
Ouvindo,
O pulsar da vida
E os sussurros
Do entardecer
Na bucólica
Prainha
De pescadores!
Maria
Enviado por Maria em 23/05/2006
Reeditado em 04/06/2011
Código do texto: T161207
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4553 textos (186020 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:49)
Maria

Site do Escritor