Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INIMIGAS ÍNTIMAS

As feridas do corpo e da alma

Aproximam-se sorrateiras
Aconchegam-se fagueiras
Acertam-se em fileiras
Atingem-nos certeiras

As feridas do corpo e da alma

Será que sabem entretanto
Se imaginam pelo pranto
O quanto doem portanto
Ou se nem ligam tanto

As feridas do corpo e da alma

Não nos deixam um momento
Nem lhe importam lamento
Ignoram qual o ungüento
Pra reduzir o tormento

As feridas do corpo e da alma

São amigas fiéis e do peito
Não nos dão nenhum direito
Nem tem qualquer respeito
Quando dormimos no leito

As feridas do corpo e da alma
As incuráveis inimigas íntimas
Aldo Lopes
Enviado por Aldo Lopes em 23/05/2006
Reeditado em 14/07/2006
Código do texto: T161410

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Aldo Lopes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Lopes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
416 textos (37921 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:44)
Aldo Lopes