Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não se assuste comigo

hoje estou triste,
muito triste,
queria morrer agora,
ser enterrado em seus braços
como um vil vagabundo

meus beijos foram roubados,
meus olhares de_flagrados,
meu coração anda aos berros

perdoe o meu jeito hoje,
há momentos em que me desespero,
a dor parece maior do que realmente é

suas mãos deram cor à minha dor,
vestiram minha alma em transe,
estou revirado por dentro

ah, sou mesmo assim...
intenso nos pensamentos e emoções
estou chorando, estou mexido
e as lágrimas não despencam
Pedro Cardoso DF
Enviado por Pedro Cardoso DF em 23/05/2006
Reeditado em 23/05/2006
Código do texto: T161412
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Cardoso DF
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 68 anos
4323 textos (94881 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:42)
Pedro Cardoso DF