Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lendas

_____________________________________

Como em lendas antigas
Abrimos janelas para o impossível.
Pensamentos percorrem
Essa seda fina quase intransponível
          Num passeio errante....
          Parecemos, então, ler o silêncio
          Um céu azul de tristezas líquidas
          ...E o reconfortante fascínio
          De um sentimento leve
          Que habita todas as sendas
          desse mundo de pequenos sinais
          Que somos.
...E lá estamos nós
Olhar fragmentado,
Pois sem o olhar do outro nada somos.
Parecemos sem rosto
Sem vontades...
E para fugirmos do naufrágio,
Nos deixamos apenas escapar nesse vôo
Remoendo saudades eloqüentes...
Sentimento estilhaçado no ar
Proferindo palavras
que de tão leves não parecem servir de prisão
Claude Bloc
Enviado por Claude Bloc em 23/05/2006
Código do texto: T161510

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claude Bloc
Fortaleza - Ceará - Brasil
199 textos (7785 leituras)
12 áudios (1127 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:08)
Claude Bloc