Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Somos Dívidas

Papel de criança
é o grande amor
de gente grande.

Papel de criança é
fruto de amor
loucura e paixão
de gente grande.

Só quem teve é que sabe!
Só em que perdeu é que arde!

Deixá-los no caminho é
peregrinar
em pedras de angústia.

É perder parte do mundo -
é perder todo mundo -
é o início de um
longo grito interior
onde a dor rasga e dilacera.

É, ao mesmo tempo,
o fim de todas as coisas:
das mais belas e claras,
às de cores inocentes
com roupas doces de vestir!

E nos chamem de mortos,
porque já somos dívidas
de um amor eterno
que partiu
para as estrelas.

E o povo clama:
- Lá vai o pai sem filho !
- Onde está o filho do pai?
- Persigam aquele que anda com
o dicionário dos mortos!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 24/05/2006
Código do texto: T161782
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26789 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:39)
José Kappel