Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIVAGAÇÃO

sinto um amor estranho no meu peito
que não sei de onde vem nem por quem é!...

Não quero que esse amor seja imortal !...
Que seja o cumprimento de um destino !...

Eu vivo da tristeza deste amor,
Transformando, em canção, a minha dor!...

Amor que vem rolando de outras eras
e se encaminha para a Eternidade!...

Faz lembrar um passado que não houve
e sonhar um futuro que não vem!...

Julio Sayão
Enviado por Julio Sayão em 24/05/2006
Reeditado em 28/12/2006
Código do texto: T161912
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Sayão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 93 anos
65 textos (39436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 11:54)
Julio Sayão