Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIVAGAÇÕES

Meu coração é ave do deserto
e que encontrou o céu, no teu olhar !...

Teus olhos são raiar da madrugada...
são brilho das estrelas e o luar !...

Seus abismos de luz, imensuráveis,
devoram, absorvem meu cantar !...

Só neste céu imenso e solitário
quisera eu poder, enfim, pairar...

Varar as nuvens tristes e sombrias
E,  no seu sol, as azas desdobrar !...
Julio Sayão
Enviado por Julio Sayão em 24/05/2006
Código do texto: T161913
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Sayão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 93 anos
65 textos (39436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:32)
Julio Sayão