Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU ESTILO

Não conheço o meu estilo,
não o distingo no que escrevo.
Deve ter quilo e mais quilo
do que pensar não me atrevo.

Estilo riso e tormento,
pode ser duro e ser dócil,
dependendo do momento
pode ser novo ou ser fóssil.

Na força contemporânea,
na expressão do vil, do bravo,
meu estilo é a miscelânea
do sangue branco, índio, escravo.
   
Meu estilo tem nuanças
de sol quente e madrugadas.
Tem sonhos, tem esperanças,
tem ilusões malogradas.

Se é certo que a liberdade
me inspira o estilo em cantiga,
não o construo na maldade,
no sangue, nem da formiga.

Pode ser tudo e ser nada
o estilo que não entendo.
Dor, sorriso, alma magoada,
e a tudo isso me rendo...

                   10.08.76

joaojustiniano@terra.com.br
www.joaojustriniano.net
João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 24/05/2006
Reeditado em 24/05/2006
Código do texto: T162234

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19611 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 18:00)
João Justiniano