Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Elegia ao Amor

Elegia ao Amor

Amor dado,
amor amado
amor teu e meu.
Jogado ao vento,
Apanhado!
Amor não se joga fora,
só se acrescenta.
Soma- se a Felicidade
de dois corações,
presos, inalterados.
Amor pai, mãe,amigos,
inimigos!
Amor carinho, sensual,erótico,
todas as formas
de amar.
Amor sofrido, perdido e achado
achado para os dias meus.
E por tanto te amar, Amor,
ofereço-te
o mais sagrado, o mais puro, o mais divino,
o mais meu:
o meu Amor
que é só teu.

Eda Carneiro da Rocha

Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 10/05/2005
Código do texto: T16237

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14776 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:38)
Poeta Amor