Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ESTRADA, UM BANCO, OLHOS & SOLIDÃO

Ter a companhia do tempo
Pelo tempo que se leva
Para ter uma companhia
Tijolos aparentes, calçadas
Se alguma coisa funciona
Ligue o tempo todo
Para cada coisa de pele
Nebulosas e galáxias
Olhar no futuro
A sua loteria, sorte
Em tempo de acertos
Sem pesares na linha do quasar
Companhia no espaço aberto
Mais valia inválida prestação
Um ônibus que salta no futuro
Copos vazios, êxtases tardios
A fumaça que gruda na placa
Luz do tempo, minutos ganhos
A estrada, um banco, olhos & solidão.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 11/05/2005
Código do texto: T16261
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:37)
Peixão