Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pietá

Não fale da dor da tua lágrima
Eu já enxuguei as minhas
Não me mostre essa avenida de desencontros
Eu tento me encontrar
Não toque as feridas do passado
Meu curativo ainda tem sangue
Ainda existe alguém dentro de mim
Não chame meu nome
Olhe nos meus olhos
Vivo às cegas e não reclamo
Na chuva eu rumo ao nada
Não me pare
Você não me perdeu
Você se perdeu de mim
E te colocaram no lugar errado
    (não é diferente)
De um lado um lago frio, calmo
Calados terminamos aqui do outro lado
Um dia eu te salvei daqui
Eu esperei por você
Agora tenho que ir
Luyzla Garrido
Enviado por Luyzla Garrido em 25/05/2006
Código do texto: T162673
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luyzla Garrido
São Luís - Maranhão - Brasil, 30 anos
25 textos (1223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:29)
Luyzla Garrido