Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada resta

Muito além daquelas ondas que não se cansam de seguir o seu destino,
Muito além do azul dos céus que todos os dias nos mostram sua imensidão,
Muito além daqueles olhos que pensei serem vespertinos,
Muito além das palavras que pensei virem do coração,
Encontrei a pura verdade,
Onde o vazio agoniza,
Onde o sonho não concretiza.
Encontrei a dura realidade,
Onde as entranhas da alma conflitam,
E uma vida arrebatada abdica,
Restando apenas uma existência sem razão,
Apenas uma existência sem emoção.
selene
Enviado por selene em 25/05/2006
Código do texto: T162914
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
selene
Itapema - Santa Catarina - Brasil, 53 anos
36 textos (1983 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:35)
selene