Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desatino


De súbito uma reação
Forjou um coração
Numa dolorosa espreita
De insensibilidade feita.

Ação obscura descoberta
Num rompante inesperado
Fere tornando magoado
Um peito agora silenciado.

Dia branco feito nublado
Absorvida a ilusão da paixão
Desilusão!... Morrem as flores
Desatinadas perdem as cores.

26/05/06

LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 26/05/2006
Reeditado em 14/08/2007
Código do texto: T163568
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
863 textos (158637 leituras)
2 áudios (428 audições)
7 e-livros (1313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:59)
LuliCoutinho