Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Dia Só

Vou além das coisas,
em meias-voltas,
de solidão,
não há sol agreste,
nem lua purpurina,
que me faça esquecer você.

Sou porto velho,
sem mastros,
alento ao vento
maino que sufoca
pelo calor, e pela
sua passividade.

Passo da meia-noite,
igual a criança.

Vou atrás dela,
onde ela for.
Sou medidor de
passos
e
calculador de
dores.

Rogo que tudo passe,
que deste sonho
eu corra
pro lado de lá,
longe daqui,
perto do bem longe,
rodeando
as saias dela.

Sou voz livre
e aventureiro
dos sós.

Sigo passo de trilhas,
que se enviezam nos trigais.

Mas nunca pude salvar,
na luta pela vida,
salvar a vida,
dela, do pai e do avô.
Foi num dia só,
mas foi pro resto da vida!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 27/05/2006
Código do texto: T163910
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26783 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:30)
José Kappel