Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALÉM DOS SENTIDOS

Busquei
Mais de uma vez
Respostas
Pras perguntas que você me fez
Bem que tentei, mas não achei
Não sei se era segredo
Mas pra muitos perguntei:
Qual é a cor do medo?
Qual é o cheiro do perigo?
A cor da ilusão?
O sabor da traição de um amigo?

Depois de muito buscar
Consegui encontrar
Mas você vem e me diz
Que já conseguiu
O que queria saber
O que queria sentir.

Que cor você viu
Quando medo sentiu?
Respondeu que o medo pra você
É vermelho que nem sangue
Depois fica tudo preto
Você diz que não consegue mais ver
Nem mesmo sentir seu áspero sabor
O cheiro forte quando se sente a dor.

Quando esteve em perigo
Não conseguiu pensar em nada mais
Não tinha ninguém, não tinha amigos
Por perto – sentiu o cheiro da solidão
E do desamparo – cheiro de podre
Cheiro de abandono e de fragilidade
Não tinha pra onde correr
E tudo isso tinha o sabor do seu suor
Que escorria sem parar
Não sabia mais o que fazer.

E suas ilusões não têm uma cor
Mas sim todas as cores
Cores confusas, tantas distorções
Paixões, raivas, intensas sensações.


Disse que seu amigo lhe traiu
Mas até agora não consegue entender
O que você realmente sentiu
Nada de cores, nada de sabores
Só conseguia escutar
Seu coração bater sem parar
Tudo parou
Tudo acabou
Naquele segundo
Destruiu seu mundo
E de repente aquela avalanche
De sentimentos
E sensações
As cores mais estranhas
Dores nas entranhas
Sabores ácidos
Frio e calor
Alívio e dor
Tudo confuso.

Depois de me responder
Ela me pergunta:
Você sentiria o mesmo que eu?
As cores, sabores e sensações.

Já vi, senti
Sofri
Percebi
Como vivemos em mundos diferentes
Todos passam por isso
Mas sempre será diferente a maneira que tu sentes.

27/05/05
Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 27/05/2006
Reeditado em 27/05/2006
Código do texto: T163978
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1432 textos (42637 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:14)
Miguel Rodrigues