Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estrada

Estrada de muitos caminhos que infelizmente por enquanto trilho sozinho
Caminho meio cansado,faz tempo que passo nela
Já vi muitas coisas à margem dela
Vi felicidade,tristezas,saudades
Vi amor, carinho e muitas vezes me vi sozinho
Vi paixão,solidão,compreenção
Luta bruta que não levava a lugar algum
A evolução,descriminação e a destruição
Sofrimento e lamento e o tempo que só avansava trazendo uma dor no meu peito
E onde terminará esta estrada?
Muitas vezes me perguntei e hoje sei
Terminará quando eu não suporte mais trilhar e aportar em um porto seguro
E depois de chegar lá descançar deste tempo que fui um andarilho procurando um abrigo onde só ouvesse a felicidade
Borboleta da noite
Enviado por Borboleta da noite em 27/05/2006
Código do texto: T164030
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Borboleta da noite
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 30 anos
320 textos (14224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:53)
Borboleta da noite