Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O murmúrio do arvoredo

Caminhei,
por lembranças
que me arremessaram
de volta para ontem,
de volta para mim.

Caminhei,
por trilhas
da vida
que até hoje
viram somente
teus pés.

Mas sei,
bem sei.

Estive ali a andar
por essas trilhas
em algum minuto
do meu dia
neste tempo
do tempo
da vida
Que já trilhei.

Caminhei,
sentindo
o cheiro
das cores
que tingem
a montanha
de um azul
tão azul,
como o céu,
que a cerca
a cada manhã
e tarde ensolarada.

Ouvi,
o murmúrio
do arvoredo
E os sussurros
das flores
de outono
Que de tão belas
Enchem de
encantamento
os olhos
E a alma
dos pés
que por
estas
trilhas
Vageiam
em dias
de solidão.

Caminhei,
pelas lembranças
destas
trilhas vividas
Tocando os sons
e as cores
da vida
que ali fluem.

Caminhei,
Sentindo
O Sabor
Da vida
Que ali
flui
De forma
Tão doce,
tão mansa,
tão terna
Como a alma
do anjo
que ali
bate
suas asas
de cor.

Andei,
e na emoção
de meus passos
A voz embargou
Coração acelerou
E em silêncio
Fechei os olhos,
e derramei
uma lágrima.

Uma lágrima
de saudade
de mim.
Saudade
De do tempo
Que não
volta mais,
Saudade
do tempo
em que
nas trilhas
da vida andei!
Maria
Enviado por Maria em 27/05/2006
Reeditado em 04/06/2011
Código do texto: T164314
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4551 textos (185968 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:42)
Maria

Site do Escritor