Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pérola Negra

Pérola negra,
pérola de luz,
corpo de flores
- hoje sem jardim -
beijo sua testa
e rezo
até mesmo sem fé,
pela sua
radiosa de bela!

Para o homem comum
igual a meus braços
e anseios,
é difícil compreender
porque o sol se põe
tão rápido para alguns
e brilha de eternidade
para outros.
Quase parcialidade?

De longe, imagino você.

E se partiu
levou um pouco de
mim.
Que graça tem o hoje
se você não estará lá amanhã?

E de tão bela e forte
me deixou seu sorriso
sob a mortalha de lirismo
com um profundo porte
de saudade.

Sei,de longe,
que agora,
os deuses te banham
com flores de chegada,
e te darão nova vida
prá você voltar um dia
em plena aurora !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 28/05/2006
Código do texto: T164491
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26781 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:28)
José Kappel