Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rachadura

Rachadura

No caminho de casa
Sempre encontro poeira e vento
Sempre vejo no relento
Um cachorro e um sedento
Cumprimento uma senhora
Em frente à vendinha da esquina
- Que tem uma suculenta rapadura
Às vezes ela não responde
Distrai-se a olhar as rachaduras
Dos seus pés
Também há bonitas árvores
Canto dos pássaros, lírio nos vales
E sempre vejo a simpática senhora
Outras vezes ela não acena
Por observar a rachadura
Dos pés da cadeira
Eder Carneiro Cardoso e Silva
Enviado por Eder Carneiro Cardoso e Silva em 28/05/2006
Código do texto: T164636
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eder Carneiro Cardoso e Silva
Conceição do Coité - Bahia - Brasil, 33 anos
54 textos (2898 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:19)
Eder Carneiro Cardoso e Silva