Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MINHA LIRA

Têm mais de 20 anos
Vasta nesse vagar do tempo
Passando os olhos pelos anos 80
Quantas liras vamos tocar
Moldado a ficar
Esta a minha saudade, será
Outras passagens andiante
Tempos para rever, revisto
A “facu” passa tão longe
Os princípios com a espanhola
Afagos movidos numa sala vazia
Sons de rock metropolitano
Toadas e cantigas, um violão
Copos caídos, bares batidos
O Ira cantando São Paulo
Blade Runner e a chuva escassa
Dias de Premeditando & Língua
Alguma coisa chamando paixão.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 12/05/2005
Reeditado em 20/07/2006
Código do texto: T16494
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:50)
Peixão