CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

POEMA MATEMÁTICO (SÍMBOLOS " VEZES OU X OU . " )


Se eu me multiplicasse,
e em todas as vezes, eu parasse,
acrescida de algo, que me adicionasse,
não valeria nada, que compensasse,
o constrangimento, que eu passasse,
tantas vezes num enlace,
usando um símbolo, que demonstrasse,
tudo aquilo que alguém, falasse;
mas que no fundo, fosse um impasse,
prá que eu me modificasse,
e não mais me descabelasse,
e por mais que eu pensasse,
que jamais alguém notasse,
não poderia, se disfarçasse,
o meu jeito, que se revelasse,
através de um símbolo, que eu usasse!

LÉ@ MARINHO, 17/6/09
LÉA MARINHO
Enviado por LÉA MARINHO em 17/06/2009
Reeditado em 29/10/2009
Código do texto: T1652810

Comentários

Sobre a autora
LÉA MARINHO
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
1110 textos (57279 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/08/14 12:54)