Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chegou a minha hora

A morte me encanta, me seduz, me chama.
sinto que todas as lagrimas que rolaram
forão em vão...
Estou tão triste
Tenho medo de acordar
E ter que chorar por causa de uma nova perda
Ninguem me entende...
Doí tanto
Por que eu sinto como se
Aos poucos eu fosse me matando?
Por que a vida é assim?
Me encara e me testa desta forma?

Agora uma lagrima de sangue
rola em meu rosto
A dor se torna insuportavél
Será que morrer não doeria tanto?
Me atrevo a tentar lutar
Uma espada e me fincada por tras
A dor aumenta

E eu me desespero a ti procurar
Mas você se esconde no pior lugar
Dentro do meu coração

Uma grande e ultima espada
Atravessa o meu corpo
E acerta ao alvo
O mais puro dos meus sentimentos

O sangue que agora sai do meu olho
em forma de lagrima
Me diz que não adianta mais lutar
Pois a maior dor eu começaria a sentir agora

Levo a minha mão ao coração  e aperto
Mas nada que eu faça vai fazer parar essa dor..

Sento num canto..
as lagrimas de sangue aumentão
e agora molham as minhas roupas
Começo a não sentir mais nada

A minha alma se foi
O meu coração parou
A morte chegou
A vida se foi

Gisele Macedo
Enviado por Gisele Macedo em 29/05/2006
Código do texto: T165295
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gisele Macedo
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 26 anos
74 textos (44343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:15)
Gisele Macedo