Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pensar

me entreguei
como um rio bravio
que se doa
às suas margens

deixei que meus pensamentos
se perdessem nas corredeiras,
como galhas caídas no remanso
fui acorrentando sentimentos

naveguei em águas profundas
confusas, revoltas, imprecisas,
mas nada que pudesse me fazer desistir
do direito incondicional de sonhar

sou intenso, sou amante,
sou metáfora, sou luz,
e, como uma estrela que cai,
mergulhei em seus braços
Pedro Cardoso DF
Enviado por Pedro Cardoso DF em 29/05/2006
Código do texto: T165385
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Cardoso DF
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 68 anos
4322 textos (94863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:51)
Pedro Cardoso DF