Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESILUSÃO

Eram dois enamorados,
palavras nem precisava,
somente olhares falavam
da ternura que sentiam
movidos pela paixão,
que fazia os corações
bater mais acelerados
cada vez que se encontravam.
E um beijo apaixonado,
selava cada vez mais
suas vidas e a esperança
de viver um amor perene.

Saiam de mãos coladas
a passear pelos campos,
onde as flores e os pássaros
também participavam
de momentos tão felizes,
que juntos, colhendo flores,
viviam intensamente.
E na beira de um riacho,
sentados nas folhas secas
num tapete natural,
formadas uma a uma,
pelas folhas despencadas
das árvores da pequena mata,
onde olhavam as águas puras,
tão límpidas e brilhantes
como um cristal lapidado,
nas mãos hábeis de um artista.
Trocavam juras de amor,
e o riacho murmurando
parecia que fazia
parte daquele universo,
onde a felicidade
fizera um elo infinito
nesses dois apaixonados.

Mas um dia, de repente,
aquele amor tão bonito
que parecia sem fim,
dissipou-se em tristezas,
pois aquele ser amado
foi embora sem dizer
ao menos uma palavra.
E aquele amor tão lindo
que parecia ser pra sempre
deu lugar à desilusão,
e com o coração partido,
sem saber qual a razão,
somente ficou saudade
no fundo do coração.
E saindo pelos campos,
as flores entristecidas,
e os cantos das aves
calaram-se como o riacho,
por um amor que se foi
sem sequer dizer adeus.


There Valio
Enviado por There Valio em 29/05/2006
Código do texto: T165653
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
There Valio
Pilar do Sul - São Paulo - Brasil, 74 anos
731 textos (78043 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:41)
There Valio