Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem Remendos

Sem sermões,
sem remendos,
alfabarros de solidão,
pungem seu doce
alento!

Se me queres, na travessia
de sua solidão,
me alvorece em seus braços.

Pois amaino sua dor,
e seu almejo de querer,
me tocam agulhadas -
toscas perenidades -
para não ser de ninguém!

Faz de mim, você,
que faço de você minha
amada eternidade!
José Kappel
Enviado por José Kappel em 30/05/2006
Código do texto: T165744
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26777 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:16)
José Kappel