Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos que sonhei

eram de fato
inesperados
mas eram sonhos que eu quis
um amor, uma Lua
um feitiço
ingredientes de uma história
que fosse vivida
por mim
E abandonei-me a ela
trançando fitas e laços, brilhantes como cetim
E rí os meus risos sem pejos
carinhos, afagos e beijos
permiti-me tudo enfim
Já tinha eu cicatrizes
alguns sentimentos alquebrados
num passado malfadado
agora, poeira de mim.
Mas a cada novo traçado,
nas entrelinhas bordado,
vi-me em cumplicidade
com o amor maturado
E por um tropeço, um esbarrão,
o enredo, ainda em começo
não teve um surpreendente fim.
Restaram-me a Lua,
as estrelas e as lágrimas
refugiadas em mim!
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 15/01/2005
Código do texto: T1659

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dôra Leal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
501 textos (25317 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/16 17:40)
Dora Leal