Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Essas coisas acontecem...

Essas coisas acontecem...

Correu com medo da Lua, último fôlego,
Passou balançando a cabeça, quase um grito,
Chocou o olhar de soslaio com a luz vítrea,
Tirou um lampejo das estrelas, que correria,
Pulou a primeira pedra, também a segunda,
Virou sem jeito para a esquerda sem pensar,
Deu de cara com a porta fechada & as pernas...
Beijou o chão num momento inoportuno,
Levantou a cabeça, tinha um vestido passando,
Do susto sobrou um forte tapa & broncas,
Sem entender viu uma ponta de riso...
Segurou-se nas beiradas & levantou-se,
Ainda sentindo o riso adiante, apressou-se,
Quando estava próximo, escorregou...
Caindo para frente, tentou se agarrar,
Sobrou de novo o vestido, rasgado na mão...
Um lamento com trilha de Janis Joplin,
Todo o berreiro ao som da polícia,
Tentou pedir desculpas, não conseguiu,
Perdeu o resto da noite com explicações...

Mas aquele riso e belo par de pernas
Não encontrou mais nenhuma vez!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 31/05/2006
Código do texto: T166683
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:33)
Peixão