Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estátua!

Rosa Pena


Não quero mais brincar,
de esconde- esconde,
se não me respondes.
Chega do pique
estressei de caçar teu nick.
Como vou gritar 31
se não estás em lugar algum?
Cabra- cega
com o amor que tu me negas.
No Bente-que-bente-ó-frade
és um rebelde noviço.
Barbaridade!
Ainda morro disso.

-Estátua!


2005
Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 13/05/2005
Reeditado em 03/10/2008
Código do texto: T16675
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1413814 leituras)
48 áudios (24765 audições)
33 e-livros (28998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:18)
Rosa Pena

Site do Escritor