Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO VACUO DA PAIXÃO

Você avançou o sinal
Não deu seta;
Te procurei pelas ruas da capital
A cidade ficou deserta.

Você foi audaz e veloz
Foi fugaz com seu bólido cor de vinho;
Deixou no vácuo um cálido perfume atroz
Tristeza e solidão no meu caminho.

Você avançou o sinal
Não deu seta;
Te procurei pela ruas da capital
A cidade ficou deserta.

Espero na "lombada eletrônica" te encontrar
-Aquela que teima em engarrafar o "Eixinho"-;
Que me revele o número do celular
E escreva seu nome no meu colarinho.

Você avançou o sinal
Não deu seta;
Te procurei pela ruas da capital
A cidade ficou deserta.

Do livro: RASTILHO DE PROSAS
Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 13/05/2005
Código do texto: T16697
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16227 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:33)
Antonio Virgilio Andrade