Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não sou poeta!!!

Ah! o escrever
Reter num rasgo de papel
Todos os sentimentos,
Todos os amores e dores,
Todo o sentir da alma
Toda a devassa presa nos sentidos
Todo o prazer de viver
Ah! o escrever
Expor a alma em parcas linhas
A bem ou mal das métricas,
Sextilhas e tercetos,
O infligir abusado da ortografia
Anseios mágicos, solidão & afins!
A loucura nossa de cada dia
Ah! o escrever
Rir da minha moral
Chiar com os bons costumes
Uivar pelo coração
Cantar o bom da vida
Enaltecer as conquistas
Chorar o tempo perdido
Ah! o escrever
Tragar na ponta do lápis
Cada momento do ser
Máquina, teclado, on-line...
Passado, presente e futuro...
Um grito abalado no escuro
E esses olhos por testemunha
Ah! O escrever
Sim, sempre, enquanto um suspiro puder tocar o ar!
 
Peixão89
 
Faz parte de um dueto com a amiga Rose Sadalla.
Peixão
Enviado por Peixão em 01/06/2006
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T167088
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120255 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:50)
Peixão