Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noites de um Guerreiro



Porque não houve respostas,
As noites parecem vazias,
Ouvindo o vento que assopra
Enquanto as flores oscilam.

Caminho na sombra noturna:
Valente guerreiro eu sou!
Em busca de uma luz...
- Quem dera achar o amor.

O fogo arde no olho,
Espada brilha no ar:
Enquanto busco o amor,
Vou correndo a conquistar.
Lúcio Barbosa
Enviado por Lúcio Barbosa em 01/06/2006
Código do texto: T167296
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Barbosa
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 51 anos
59 textos (5595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:43)
Lúcio Barbosa