Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Décimo terceiro dia

Dizer eu quero
Meu egoísmo, meu mundo, meu início
Meu anti-princípio
Meu raciocínio arbitrário
Quero que todos finjam que não sou
Todos fingem, declínios
Quero que o todo venha a mim
Quero estar longe do fim
Mesmo estando tão próximo
Quero me iludir, me persuadir
Me comprimir a algo que jamais fui
Esqueço minha derivação
Faço do instante uma vida em vão
Rogo escuridão
E com mais alguns quereres tão meus
Me distraio, me remonto
Me invento no outono
A folha caiu, eu não notei
Alguém aplaudiu
O porquê eu nem mesmo sei.
M K
Enviado por M K em 13/05/2005
Reeditado em 13/12/2008
Código do texto: T16788

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcos Vinicius Kaminski Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
M K
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
52 textos (2381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:58)